Páginas

quinta-feira, 20 de abril de 2017

1 mês!

Pois é...  O Gabriel está já fez um mês...

Um mês cheio de descobertas, ajustes desafios...
Da última vez que cá estive,  disse que falaria sobre o parto e como foi comparativamente com os outros...

Numa palavra "diferente".  Não vou estar com fundamentalismos, e simplesmente não achei este melhor ou pior que os outros,  foi diferente...

Há quase 6 anos atrás a Carolina nasceu de parto normal, induzido, com epidural num hospital público...

Há pouco mais de 3 anos o João nasceu de parto normal, natural,  no privado (cheguei a descrever o parto aqui) - a lição a tirar deste foi: Não ir para um hospital privado em trabalho de parto em estado adiantado... Tudo correu bem, mas podia ter sido diferente...

O Gabriel nasceu de cesariana, aquela que eu temia e que nunca quis... O Gabriel estava sentado há 3 meses e não dava mostras de querer virar... O Gabriel estava pequeno de acordo com os padrões normais (mas dentro dos parâmetros dos irmãos)...

A médica que me seguia no hospital disse que, a continuar sentado, seria uma cesariana... Mas, caso entrasse em trabalho de parto e chegasse ao hospital em estado adiantado poderia ser normal por não dar tempo para a cesariana...

Como nunca fui boa com sintomas de parto (não sei o que é uma contração dolorosa), cheguei a ir com vários falsos alarmes às urgências.

Entretanto como o bebé estava pequeno e já tinha passado das 36 semanas estava a fazer ecografias com mais frequência,  entre 2 a 3 dias de intervalo entre ecografias no máximo para monitorizar pelos fluxos se estava tudo bem com o bebé e se ele estava a receber tudo o que precisava...
No dia em que fazia 38 semanas,  nova ecografia...  O meu marido levou-me, combinei com ele ir buscar-me dali a 30 ou 45 minutos... Na ecografia a médica disse que estava tudo bem com o bebé 👶 mas que se estava a notar uma inversão nos fluxos e simplesmente disse que já não sairia do hospital. Ia ficar internada até ser possível fazer a cesariana (disponibilidade de equipa e de bloco de operações) que seria entre aquele dia ou a manhã seguinte...
Liguei ao meu marido para ir ter comigo,  mas para em vez de me ir buscar, para me levar os sacos da maternidade... 

«uma prova de que o 6º sentido funciona? Antes de ir fazer a ecografia coloquei a fraldinha que tinha bordado no saco do bebé,  tinha feito sopa para os filhotes para o jantar e já tinha preparado roupa para eles para o dia seguinte para a escolinha pois era a festinha do dia do pai... »

Entretanto fui encaminhada para a enfermaria...
Todos achavam que a cesariana seria naquele dia,  mas ninguém podia dar certezas... Havia mais cesarianas a fazer, e haviam alguns partos normais em curso...
Os mais velhos foram para a casa dos avós... O meu marido foi ter comigo por volta das 20:30... Tinha que sair às 21h (regras do hospital)...  Por volta das 21:40h perguntamos a um enfermeiro se sabia se sempre seria naquele dia a cesariana...  Ele disse que não sabia que era melhor os meninos ficarem em casa de alguém pois podia ser chamada para o bloco em qualquer altura... O meu marido saiu e eu fui a casa de banho... Quando estou a sair da casa de banho andavam à minha procura para ir para o bloco...
Liguei ao meu marido,  que nessa altura estava na porta do hospital,  para ir jantar e para voltar de seguida...
Fui para o bloco... Eu não me tinha preparado minimamente... Não pesquisei quais eram os passos de uma cesariana...  (mas tinha pesquisado partos naturais pélvicos)...
Veio o anestesista fazer o questionário dele, veio a enfermeira fazer o questionário dela e fui levada para a sala de operações deram-me a anestesia e ficou tudo confuso...  As vozes dos médicos e enfermeiros ficaram misturadas... Estava a dar música,  não sei quem escolheu...  Sem que quando o Gabriel saiu e mo mostraram estava a dar AVICII - Waiting for love...
Não custou, foi rápido,  ele estava perfeitinho... E quase não cabia na roupinha que levei... Nasceu com 47,5cm e com 2850g...
Desde que saiu até voltar para a minha beira esteve a chorar...

Fiquei apaixonada assim que o vi... Continuo apaixonada...


4 comentários:

  1. Quem ficou apaixonada fui eu, com este lindo relato.
    Muito obrigada pela partilha deste lindo acontecimento.
    Beijinho grande e muitas felicidades.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada!
      Bom fim de semana!

      Eliminar
  2. Parabéns por este 1º mês :) Que continue sempre cheio de saúde e a dar muitas alegrias.
    Beijinhos, para todos :*

    ResponderEliminar
  3. Querida nat. como estás? como estão os teus meninos?
    agora estou por aqui num novo cantinho. bjossssss

    ResponderEliminar